Blog

Fique por dentro das notícias mais importantes

Esta pensando em ir ao Vale do Silício em 2017?

Organizador de diversas missões empresariais no Vale do Silício, nosso Diretor de Negócios André Bianchi elaborou algumas dicas para não cair em ciladas e para que os empreendedores aproveitem 100% sua viagem ao Vale. Confira as 5 dicas:

  • Hospedagem: Vale do Silício ou San Francisco?
    Sugiro que se hospede em San Francisco, pois lá se encontram muitas empresas, além de entretenimento e cafés. Para hospedar-se, procure por localização próxima ao Union Square, sentido costa. Digo isso, pois em San Francisco há muito moradores de rua e muitos lugares não aparentam segurança. Hotéis são caros, procure alternativas como airbnb.com.
  • Devo alugar um carro?
    Utilize startups como uber.com ou lyft.com, que permitem deslocamento a preços bem mais acessíveis do que táxis. Para se ter uma ideia, um valor aproximado de qualquer ponto de San Francisco a outro custa US$ 7 para duas pessoas. Você também pode usar este serviço para ir de San Francisco ao Vale do Silício. O trânsito tem picos de congestionamento e desta forma ficará mais barato.

  • San Francisco tem cobertura Wi-fi?
    Não, mas você encontra na maioria dos locais públicos e restaurantes. Se você é do tipo que necessita de alta conexão o tempo todo, a sugestão é que compre o chip de alguma operadora. Eu geralmente compro da T-Mobile, que tem planos só para internet limitada, ilimitada ou ligação até para fixo no Brasil. Eu utilizo 4G e converso via Skype com vídeo e funciona muito bem. O investimento vai a partir de US$ 15 do chip + plano entre US$ 50 a US$ 80, por 30 dias.
  • Pouco tempo em San Francisco?
    Minha sugestão é você alugar uma bike, pois vale a pena conhecer a região do píer e também ir até a famosa ponte Golden Gate. Se tiver um bom fôlego, poderá ir até o Sausalito e voltar de Ferry Boat. Para alugar a bike, faça a transação pela internet, que geralmente dá desconto de 20%. Não deixe de ir ao Píer 39, tem diversas lojas, restaurantes, incluindo o Hard Rock Café. Também recomendo o famoso passeio de bondinho, o valor para um trecho é de US$ 6 por pessoa.
  • Posso visitar as grandes empresas?
    Sim, você pode! Porém tirar foto no letreiro é uma coisa, entrar é outra. Pontos abertos que geram boas fotos: Facebook, Apple e Google. Lembre-se que lá não tem “jeitinho brasileiro”. Se tentar algo e for pego, terá problemas.
    Esta pensando em ir ao Vale do Silício? Confira nossa 10ª Missão de Negócios ao Vale do Silício, clique aqui!

     imersão

    andré bianchi
    André Bianchi
    Linkedin: br.linkedin.com/in/andrebianchi10
    CEO e Diretor de Missões Internacionais ao Vale do Silício BWi Participações (desde 2013) (www.bwiparticipacoes.com.br)

    Diretor Comitê Empreendedorismo ABRADi Nacional ( 2015-2016)
    Investidor: IEV Digital, Fraternal Shop e Certificadora Digital Gigatron Membro Banca de Investidores Acelera Startup – FIESP ( 4ª e 5ª Edição)

 

No comments yet