Blog

Fique por dentro das notícias mais importantes

A Embraer responsável pela fabricação de aviões de diferentes segmentos (comercial, executivo, agrícola) prevê a inauguração de um novo serviço: o de táxi aéreo.

A empresa possui uma segmentação chamada EmbraerX voltada para o desenvolvimento de negócios disruptivos.

O conceito de inovação disruptiva vem da Universidade de Harvard e está associado ao processo cujo serviço ou produto surge para soluções simples em áreas que já existem.

Mas que muitas vezes precisam se reciclar ou serem repensadas e melhoradas.

A ideia é criar novos mercados e até mesmo criar novas categorias de consumidores para o que está sendo aperfeiçoado.

Para o serviço de táxi aéreo a Embraer desenvolveu o seu próprio Veículo Elétrico de Decolagem e Pouso Vertical, o eVTOL, um táxi aéreo para passageiros.

Parceria entre Embraer + Uber

Resultado de imagem para uber air

O eVTOL foi desenvolvido em parceria com a Uber e foi divulgado no Uber Elevate Summit 2018, em Los Angeles.

Trata-se de uma aeronave com a tarefa de servir passageiros enas cidades, nos ambientes urbanos.

A proposta é oferecer:

  • segurança
  • experiência do passageiro
  • acessibilidade econômica
  • baixo impacto para as comunidades, em termos de emissão e ruído.

O objetivo, segundo a Embraer é  melhorar a qualidade de vida de milhões de pessoas.

Outras parcerias

Além da Embraer, estão como parceiras da Uber a Karem, a Pipistrel, a Aurora Flight Sciences, subsidiária da Boeing, e a Bell (antiga Bell Helicopters).

Elas vão colaborar com o desenvolvimento das aeronaves para o projeto de táxi aéreo.

A Uber afirmou, segundo informações do portal The Verge que está procurando parceiros que possam atender às suas especificações de tecnologia como:

  • potência elétrica
  • ruído mínimo
  • capacidade de decolagem e pouso verticais
  • bem como uma empresa que pode dimensionar a produção para construir dezenas de milhares de veículos demanda do serviço on-demand da Uber.

A Karem é fabricante menor de aeronaves, mas ainda é uma opção interessante para a Uber.

Abe Karem, fundador e presidente da empresa, é pioneiro em tecnologia de drones.

A Uber divulgou imagens de seu próprio conceito de aeronave e tinha uma pequena versão do modelo em exibição na conferência.

Mas é importante notar que a Uber não planeja fabricar nenhum dos veículos usados ​​para seu serviço de táxi aéreo.

Em vez disso, apoiará seus parceiros de fabricação para projetar e construir essas aeronaves elétricas de decolagem e aterrissagem (eVTOL), bem como dimensionar a produção para atender às demandas do serviço de mobilidade aérea urbana proposto.

 

 

Imagens: Reprodução

Fonte: Hiperlinks no texto 

 

1 comment