Blog

Fique por dentro das notícias mais importantes

O conjunto de empresas que fazem do Vale do Silício o símbolo da tecnologia e inovação mundial começou a ser constituído nos anos 1950.

São várias cidades do estado da Califórnia que dão localização ao Vale e desde aquela época, em que talvez não se imaginasse as proporções que aquela localidade fosse adquirir mundialmente, são muitos os fatos e acontecimentos que fazem do Vale um lugar no planeta muito interessante.

Fatos do Vale

Fairchild  e o circuito integrado no Vale

Essa empresa foi uma das grandes responsáveis pela evolução do Vale do Silício ao longos dos anos 1960. Oito empreendedores estiveram à frente dessa fundação que foi pioneira no desenvolvimento do primeiro circuito integrado, crucial para a indústria da tecnologia.

A invenção foi tão avançada que não havia nem mercado na época para consumi-lo. Os anos seguintes se encarregaram desta tarefa.

Fundada em Mountain View, um condado de Santa Clara, ao norte da Califórnia, a Fairchild divide a localidade hoje com  gigantes da tecnologia como a própria Google.

fairchild

A mais valiosa do Vale

De acordo com estudo realizado pela Brand Finance no ano de 2014, a Apple é a empresa mais valiosa do Vale.

Por meio de estimativas das altas taxas de royalties que são cobradas para o uso da marca, somadas também à receita, os especialistas apontaram a empresa como grandiosa no Vale.

apple

Ponto de riqueza

O Vale do Silício está localizado no estado da Califórnia e é responsável por aproximadamente 15% do PIB dos EUA.

Meios para o Vale 

O investimento do governo americano no Vale do Silício foi motivado pela necessidade de abrir um centro de ponta que pudesse aumentar o desenvolvimento em tecnologia.

Para isso foi necessário viabilizar o financiamento à propriedade e, em seguida, diminuir os impostos para que mais empresas tivessem acesso ao crédito e pudessem abrir seu negocio na área.

fatos sobre o vale

Muito Silício?

A resposta para esta pergunta é não. Por mais que o silício dê nome ao Vale, não é por sua abundância enquanto elemento natural na região que esse mundo da tecnologia tem relação com ele.

Na verdade, o nome tem a ver com as empresas que se instalaram na década de 1960 e que usavam – e usam até hoje – o silício como fonte de produção para as suas máquinas em seus laboratórios.

O silício é um semimetal que funciona como condutor de energia e como isolante também. É o coração da maioria dos equipamentos eletrônicos que conhecemos hoje.

fatos sobre o vale

Quer saber como participar de uma missão de negócios no Vale do Silício? Veja aqui:

Imagens: Reprodução

 

No comments yet