Blog

Fique por dentro das notícias mais importantes

Como um centro de ensino pode utilizar as lições do Vale do Silício a seu favor? Em busca da resposta para essa questão, os coordenadores da UNORP (Centro Universitário do Norte Paulista) participaram da missão no Vale do Silício com a IIN Global. E, além de encontrar a resposta, voltaram da experiência com ideias para inovar o modo de trabalho no centro universitário.

 “Fomos pro Vale do Silício buscando inteligência artificial e tecnologia para a faculdade. Quando chegamos lá para a imersão, o que mais impactou foi ver o quanto a tecnologia é apenas um meio para validar uma grande ideia”, observa Ana Paula Casseb, diretora da UNORP.

Com esse aprendizado, os coordenadores criaram a metodologia batizada de “Método 360 de Ensino”, que leva para a sala de aula lições como Plano de Carreira, Espiritualidade e Felicidade.  Além de atualizar a forma de ensino, a UNORP, em parceria com a IIN Global, irá oferecer um curso para profissionais brasileiros que desejam se aprofundar nos ensinamentos do Vale do Silício.

Na visita promovida pela IIN Global às startups do Vale do Silício, os participantes da missão têm contato com a rotina dessas empresas e conhecem as mentes inovadoras por trás de negócios de sucesso. Foi assim que os coordenadores da UNORP tiveram contato com o conceito de ‘mente empreendedora’, um comportamento que une novas ideias, aprendizados e atitudes pessoais em favor da criatividade e da execução de projetos. Elias Kassis, coordenador do curso de odontologia da UNORP, define o aprendizado como “único, ímpar, fez uma diferença enorme em nossas vidas”.

Em breve, essa diferença será levada aos estudantes matriculados na unidade de ensino. O  Método 360 será colocado em prática a partir de 2020, aplicado aos 17 cursos da UNORP. Além disso, a unidade de ensino passa a oferecer um curso online, em português, destinado a profissionais brasileiros que desejam se especializar a partir da expertise dos executivos do Vale do Silício.

O objetivo é proporcionar ao aluno, seja ele um estudante em início de carreira ou um profissional já ativo no mercado, mais do que o aprendizado técnico e prático, promovendo o desenvolvimento de habilidades pessoais. Como resultado, os profissionais formados nesse sistema de ensino saem mais preparados para se adequar às novas configurações do mercado de trabalho, onde noções de empreendedorismo e uma mente criativa são diferenciais.

De acordo com pesquisa do Sebrae e Endeavor, no Brasil, apenas 6,2% das instituições proporcionam visão e viés inovadores, incluindo a criação de novos negócios.

Mais sobre o Método 360 de Ensino

O Método 360 tem como pilares as áreas de Conhecimento Técnico, Business (empreendedorismo), Desenvolvimento Humano e Inovação. A grade curricular oferece disciplinas focadas em empreendedorismo. Como suporte para os estudos, o aluno conta com uma agência de inovação, que funciona como incubadora de novos negócios, e um Centro de Pesquisa e Iniciação Científica. Trabalhando desse modo, com base nos conhecimentos adquiridos no Vale do Silício, a UNORP entra para o seleto grupo de instituições brasileiras que proporcionam ampla estrutura de apoio ao jovem empreendedor.

“Essa imersão ressignificou muita coisas pra mim. A primeira é: se a gente sonha grande ou sonha pequeno, desde que a gente sonhe, só precisamos de atitude, de mente e de comportamento pra fazer acontecer”, comemora Ana Paula.

O método será aplicado também no curso desenvolvido em parceria com a IIN Global destinado a profissionais brasileiros. Assim, a UNORP une sua experiência na educação à expertise da IIN Global para trazer ao Brasil o conhecimento das mentes empreendedoras do Vale do Silício.

Quer saber mais sobre o curso? Acompanhe nossas redes sociais.

Facebook

Instagram

LinkedIn

No comments yet