Blog

Fique por dentro das notícias mais importantes

No começo de cada ano, é quando colocamos as ideias e objetivos em prática. Nesse período é necessário por na ponta do lápis todos os ensinamentos que o ano anterior nos trouxe. As metas vencidas, resultados e tudo aquilo que ficou para cumprirmos à médio e longo prazo.

E para que esse momento seja, de fato, efetivo, uma das ações mais bem sucedidas é investir tempo e conhecimento para a realização de um planejamento de ações. Para quem trabalha ou investe na área comercial, um planejamento comercial bem estruturado faz toda a diferença nos negócios.

O primeiro passo para um bom planejamento comercial é a realização de um diagnóstico, com um olhar apurado para o todo e suas especificidades. Isso quer dizer que a essência de seu planejamento são as suas próprias ações anteriormente realizadas.

Uma maneira interessante de “startar” esse processo é olhar para tudo aquilo que for amplo, números, evidências, métricas e indicadores. Ou seja, os índices que indicam onde a sua empresa pode chegar em 2019, o seu desempenho comercial e organizacional.

Dessa forma, você poderá vislumbrar os leads, oportunidades, novos clientes e recursos financeiros adquiridos a partir das vendas e campanhas realizadas. Mas, é preciso ter em mente que os números avaliados podem informar situações muito distintas. Se o seu número de leads, por exemplo, for maior do que o número de vendas não quer dizer que haja um indicativo negativo, e sim uma brecha de como investir melhor em outros detalhes importantes para que um número sustente, positivamente, o outro.

Uma vez realizado o diagnóstico preliminar, tendo uma noção mais ampla sobre todos os processos ocorridos no ano anterior, é chegada a hora de entender quais são os recursos disponíveis para o momento atual. Além dos possíveis recursos disponíveis é ideal que o mercado atual seja compreendido, ou seja, o contexto onde os seus produtos ou serviços possam ser inseridos futuramente.

Realizar uma pesquisa de mercado é muito importante para compreender os possíveis contextos de venda. Ademais, essa pesquisa pode ajudar na prospecção de novos segmentos ou nichos de mercado, onde os produtos e serviços ofertados pela sua empresa podem chegar mais perto.

Um erro recorrente, por exemplo, é realizar ações sem foco em algo que realmente seja um diferencial no mercado. Muitos produtos e serviços advém de grandes ideias, que quando pouco trabalhadas e lapidadas, acabam se perdendo e tornando-se investimentos que geram pouca adesão do público.

Desempenhe um plano para ser um diferencial no mercado

A questão central para que um planejamento seja efetivo na prática é vislumbrar o objetivo em nível macro, com base em estudos sobre a produção e o desempenho interno, bem como possíveis conquistas de mercado. Assim, a tomada de decisão pode se tornar cada vez mais clara, com investimentos mais certeiros, que conquistem ainda mais espaços dentre a área comercial.

Além de objetivos macro muito claros, busque investir em objetivos micro, pois, eles são as pequenas metas de processos que podem levar o seu negócio aos resultados esperados. Investir em sua equipe, em pesquisas, cultura de feedback em relação aos produtos e serviços ofertados, é uma estratégia bem-vinda para quem deseja alçar voos maiores.

Diversificar os meios de adesão a clientes também pode ser uma boa forma de alavancar ainda mais o seu negócio. Buscar por novos canais, tais como e-commerce, omnichannel e até mesmo vendas por aplicativos, podem abrir novas possibilidades.

E o mais importante e brilhante nisso tudo é que sua ideia começa em pequenas sementes que crescem conforme a maturidade do planejamento comercial de sua empresa.

No comments yet

Open chat
Powered by