Blog

Fique por dentro das notícias mais importantes

Se trabalhar em uma das maiores gigantes da tecnologia que ficam no Vale do Silício é o sonho de muitas pessoas da área, imagina, então, morar a minutos do escritório de uma delas com direito a unir trabalho e vida pessoal em um só lugar.

Pode ser assim para você no Vale. Maaaas…

Katelyn Tarver GIFs - Find & Share on GIPHY

A questão da moradia no Vale do silício contrasta com o potencial de gigante da tecnologia que o local simboliza.

Isso porque, enquanto a inovação e suporte tecnológico são bons frutos colhidos nessa região da Califórnia, morar no Vale do Silício traz alguns impasses.

O mercado imobiliário do Vale do Silício não conseguiu acompanhar o crescimento das empresas de tecnologia.

E, consequentemente, dos seus postos de trabalho.

O resultado? Um aumento no valor dos aluguéis e um número de moradias limitado.

Já existem algumas iniciativas que procuram ajudar os funcionários a se deslocarem.

Algumas empresas equiparam ônibus tão bem, com internet e boas acomodações para ajudar os funcionários no trajeto .

Mas a verdade é que a região não tem residências adequadas numerosas.

E os milhares de funcionários que trabalham nas empresas da localidade acabam sofrendo com isso.

E essa questão tem estimulado o conceito de cidade empresa no Vale do Silício.

Vale do Silício

Onde morar no Vale do Silício?

O que seria cidade empresa?

Trata-se da criação de infraestrutura para que haja não só postos de trabalho, mas também moradia adequada para a mão de obra especializada da região.

E muitas empresas têm investido nisso.

Pois é uma forma de reter essa mão de obra na região e contar com equipe qualificada na produção.

Iniciativas

A exemplo, o Facebook, em julho de 2017, anunciou que construiria 1500 residência.

O intuito é estruturar uma vila e promover um centro de comércio.

A empresa de Zuckerberg disse que queria investir na cidade Menlo Park a cerca de 72 km ao sul de San Francisco, onde é a sede atualmente.

No entanto, a ideia beneficiaria não só os funcionários da empresa Facebook.

Mas também qualquer pessoa que trabalhasse ali e desejasse morar.

Seriam oferecidas taxas de moradias menores que os valores definidos pelo mercado, cerca de 15% a menos.

A estimativa é de 2 anos para que a ideia seja concretizada.

Outra empresa que quer ajudar os funcionários com moradia é a Google.

A empresa fez a compra de 300 casas no Vale do Silício. 

De acordo com uma publicação do The Wall Street Journal a compra foi feita para amenizar justamente a crise de habitação.

Já que são muitos postos de trabalho e pouca moradia para os funcionários da empresa.

As casas modulares tem um formato mais prático, acessível e muito mais barato.

Chegam a ser de 20% a 50% mais baratas que as casas comuns.

A Google optou por esse perfil de moradia no Vale do Silício, para fazer com que seus funcionários economizassem mais.

Elas poderão ser utilizadas por um espaço de tempo mais curto, mas auxiliam na economia de quem está se mudando para o Vale para trabalhar.

Algumas casas modulares podem ficar prontas em até 3 meses, são montadas em blocos lembrando até mesmo Lego.

Tem a  vantagem de serem customizadas e o preço, claro, é um atrativo de peso.

Vale do Silício

Casas modulares ou pré-fabricas são alternativa no Vale do Silício

A área do Vale do Silício

O Vale do Silício fica ao Sul de San Francisco – a quarta cidade mais populosa do estado da Califórnia.

Em uma viagem de carro da capital até o Vale são gastos 40 minutos aproximadamente.

Por isso, ainda que haja a chance de morar no Vale, muitas pessoas optam por fazer esse trajeto todos os dias.

As localizações, no entanto, têm moradias diferentes.

Enquanto no Vale os prédios são mais contidos, sem arranha-céus impressionantes, em San Francisco além dos prédios serem monstruosos e encantadores – e a agitação ser maior -, as opções de moradia são diversas.

Embora o custo seja um pouco elevado, há possibilidade hostels, alugueis temporários, alugueis com contrato de 6 meses, além dos serviços de Airbnb.

Nas principais cidades que constituem o Vale do Silício como Redwood City, Menlo Park, Palo Alto, Los Altos, Mountain View, Sunnyvale, Cupertino, Santa Clara e San Jose as casas têm um custo bem elevado.

E é o que impulsiona o debate sobre a questão da habitação no Vale.

San José, entre as cidades do Vale, tem o custo de vida mais elevado, mas se destaca pelos índices de criminalidade baixos e por ter uma arquitetura pós-moderna bem interessante.

Transporte no Vale do Silício

Todo mundo que visita o Vale sempre recomenda que o melhor transporte para conhecer as empresas ou até mesmo trabalhar por lá é o carro.

É que as empresas são bem afastadas umas das outras, além do transporte público não ser muito forte na região.

Tem a linha CalTrain e se você quiser visitar a Universidade de Stanford partindo de alguma estação de Caltrain, a boa noticia é que há um ônibus, chamado Marguerite, oferecido pela própria Stanford e que te leva gratuitamente até lá.

Vale do Silício

Marguerite, oferecido pela própria Stanford te leva gratuitamente até a universidade no Vale do Silício

Alimentação no Vale do Silício

Comer no Vale é, de maneira geral, barato. Assim como no Brasil, quando mais requntado for o serviço que você escolher, mais caro vai ser sua alimentação.

Comer e jantar fora tem preços variáveis e comprar comida no supermercado sai bem barato.

Food GIFs - Find & Share on GIPHY

Dica de point para comer

Há um restaurante bem famoso no Vale, chamado Buck’s of Woodside.

Dizem que todo mundo que passa pelo Vale do Silício tem que ter comido ao menos uma vez lá.

Buck’s fica muito próximo da avenida Sand Hill Road, na cidade de Menlo Park, uma avenida referência no Vale por concentrar inúmeros investidores da região.

O restaurante foi inaugurado em 1991 e surgiu como opção aos empreendedores da época.

Eles não tinham um point para tomar aquele café de negócios ou para reunir a equipe em datas comemorativas ou em dias de happy hour.

Anos mais tarde, o Buck’s já era conhecido por todo o Vale, tornando-se um ponto de encontro entre aqueles que queriam tratar de negócios.

A revista Forbes, inclusive, já deu o título ao Buck’s de principal restaurante para tratar de negócios no Vale do Silício.

O ponto alimentício já foi palco de várias ideias de sucesso ao longo desses mais de 25 anos de tradição na Califórnia.

Ir ou não ir?

Ficou na dúvida sobre morar ou não morar no Vale, alavancar seu negócio por lá, ou embarcar em uma viagem para ter uma primeiro contato com a região?

Iron Man GIFs - Find & Share on GIPHY

A gente te ajuda.

A Missão Internacional de Negócios no Vale do Silício leva empreendedores brasileiros para conhecer as oportunidades que existem nessa região tão inovadora e tecnológica que inspira profissionais do mundo todo.

Por isso, clique aqui para saber mais se você se interessou. E assista ao vídeo a seguir sobre a 10ª Missão que rola em setembro de 2017.

 

A Missão Internacional de Negócios reúne cursos ou treinamentos específicos no Vale do Silício. Levamos empresários ou empreendedores que buscam algo a mais em sua vida profissional ou empresa. Ela  surgiu, em 2014. Em 2017, concluímos 12 edições.

No comments yet

Open chat