Blog

Fique por dentro das notícias mais importantes

A Mozilla foi uma das empresas que aumentou sua atenção em relação a privacidade, depois que o Facebook te sido questionado sobre a privacidade dos usuários de sua rede.

A empresa que é idealizadora do navegador livre Mozilla Firefox que teve por objetivo  desenvolver um navegador:

  • leve
  • seguro
  • intuitivo 
  • altamente extensível.

Nesse sentido, Mozilla decidiu retirar sua publicidade do Facebook.

Para comunicar a decisão, a companha fez uma postagem em seu blog, no dia 21 de março, dizendo:

Mozilla comunica retirada de anúncios do Facebook 

Resultado de imagem para mozilla firefox

“A Mozilla está tirando a nossa publicidade no Facebook.

O Facebook sabe muito sobre seus dois bilhões de usuários – talvez informações mais íntimas do que qualquer outra empresa.

Eles sabem tudo o que clicamos e curtimos em seu site e sabem quem são nossos amigos e relacionamentos mais próximos.

Devido à sua escala, o Facebook tornou-se uma das plataformas mais convenientes para alcançar um público-alvo para todas as empresas e desenvolvedores, seja uma empresa multibilionária ou sem fins lucrativos.

Entendemos que o Facebook tomou medidas para limitar o acesso dos desenvolvedores aos dados dos amigos a partir de 2014.

Isso aconteceu depois que o Facebook iniciou seu relacionamento com o professor da Universidade de Cambridge Aleksandr Kogan,.

Cuja decisão de compartilhar dados do Facebook com a Cambridge Analytica está no noticiário.

Essa notícia nos levou a observar mais de perto as configurações de privacidade padrão do Facebook, já que apoiamos a plataforma com nosso investimento em publicidade.

Embora acreditemos que ainda há muito a aprender, descobrimos que suas configurações padrão atuais deixam o acesso aberto a muitos dados, principalmente em relação a configurações de aplicativos de terceiros.

Ficamos animados que Mark Zuckerberg prometeu melhorar as configurações de privacidade e torná-las mais protetoras.

Quando o Facebook adotar uma ação mais forte na maneira como compartilha dados de clientes, fortalecendo especificamente suas configurações de privacidade padrão para aplicativos de terceiros, consideraremos o retorno”, escreveram. 

Essa foi uma das ações que indica que o Facebook pode perder mais dinheiro com publicidade.

Mozilla x Google Chrome 

Segundo informações do portal ZdNet, o investimento da Mozilla em navegadores, no entanto, sofreu um surto brutal do Google Chrome.

O navegador da Google agora responde por mais da metade do mercado global de navegadores.

O Firefox, por outro lado, viu sua participação no mercado diminuir para pouco mais de 5%.

Mas Jascha Kaykas-Wolff, chief marketing officer (CMO) da empresa disse ao portal ZdNet:

que a Mozilla está bem posicionada para capitalizar o recém-descoberto interesse dos consumidores em uma Internet ética.

E depois de dois anos de pesquisa de mercado, a empresa identificou seu mercado-alvo:

um segmento de consumidores que chama de “selecionadores conscientes”. 

 

No comments yet

Open chat