Blog

Fique por dentro das notícias mais importantes

Oferecer os melhores produtos e serviços sempre foi (e será) um dos grandes objetivos de qualquer empresa, não é mesmo? No entanto, em um mundo hiperconectado, é preciso mais. E é neste ponto que o marketing social é importante e faz a diferença. 

Hoje, os clientes estão mais conscientes e dão preferência às empresas que também atuem em sintonia com o conceito de sustentabilidade. E, embora importante, não é somente da questão ambiental que estamos falando. O termo sustentabilidade é mais abrangente e também diz respeito a práticas e ações que promovam mudanças positivas e concretas na sociedade.

Mas, o que é marketing social?

O termo marketing já é bastante conhecido. Quando acrescido da palavra ‘social’, a expressão diz respeito às interações entre a empresa e comunidade para além da obtenção direta de lucros.

Por isso, para utilizar essa técnica com sucesso, é preciso compreender que a empresa também faz parte da sociedade. Portanto, ela também pode contribuir para a solução de problemas que são vivenciados por todos.

Sabe quando você vê grandes marcas se associando a projetos de educação, cultura e outras causas? Isso é marketing social! Entre as estratégias do conceito, estão: apoio financeiro, ações, campanhas e implementação de práticas socialmente sustentáveis.

Por isso, quando o assunto é marketing social, os gestores devem começar com alguns questionamentos, entre eles: como a minha empresa pode atuar socialmente? Em qual causa social podemos contribuir e promover a mudança?

O objetivo aqui é contribuir, seja na solução de problemas sociais, em mudanças de comportamento ou no compromisso com uma realidade mais justa para todos. Ou seja, são as ações empresariais capazes de promover a evolução da sociedade como um todo.

Como colocar em prática o marketing social

Se a sua empresa busca estar em sintonia com as melhores práticas de gestão, o marketing social é uma necessidade. E, colocá-lo em prática exige compromisso, organização e diálogo – sincero – com a comunidade.

Mas, por onde começar? É simples! As empresas e organizações devem identificar qual é a causa que mais está alinhada com a sua visão, missão e valores. Depois disso, é preciso verificar de que forma é possível contribuir.

Por exemplo, a sua empresa deseja melhores condições educacionais? Então, é possível criar um projeto educacional – ou apoiar financeiramente alguma ação já existente, campanhas de conscientização, promover ações com diferentes públicos e etc.

O importante aqui é diante de um ‘problema’ social identificar quais seriam as suas possíveis soluções. E o melhor: o alcance dessa ação, embora em sintonia com local de sua implementação, não tem fronteiras.

Dependendo da causa escolhida, o marketing social pode promover a soma de forças. Sim, um dos objetivos dessa técnica é ser um incentivo para que outras pessoas e organizações passem a ‘lutar’ por uma mesma causa.

Sua empresa incentiva um projeto educacional? Provavelmente, seus clientes também irão conhecer a causa e, quem sabe, irão ajudar. Um cidadão consciente levará para onde for os conceitos de sustentabilidade social. E a sua empresa pode ser esse agente de conscientização.

Como o marketing social impacta minha empresa?

Quando o assunto é marketing social o primeiro objetivo sempre será promover mudanças sociais. Por isso, a sinceridade da ação é requisito fundamental. Por exemplo, sua empresa deseja um mundo livre de preconceitos?

Então, antes de pensar em estratégias de marketing, certifique-se de que esse anseio já seja uma realidade internamente. O questionamento feito pelos clientes será: esta empresa quer apenas me vender algo ou me ajudar a viver melhor?

Por isso, a regra de ouro é: utilizar as estratégias desse tipo de marketing apenas para promover sua empresa pode ser compreendido como oportunismo. Quando os clientes identificam isso, os danos para a marca são enormes.

Atualmente, são comuns ações de boicote quando as empresas são vistas dessa forma ou flagradas em práticas socialmente prejudiciais, como danos ao meio-ambiente, desrespeito à diversidade e etc.

Quando os clientes sentem que a empresa está envolvida na solução de problemas sociais com sinceridade, a relação entre marca e clientes atinge outro patamar. Isso, para os gestores, é uma importante ferramenta para promover a marca e estreitar as relações com seu público-alvo.

Por isso, as ações e estratégias do marketing social, além dos ganhos para sociedade, ainda trazem outros benefícios. Com essa técnica, as empresas consolidam e difundem seus valores em prol do outro. Isso, óbvio, impacta diretamente os lucros.

Por isso, todo empreendedor, antes de colocar em prática as técnicas do marketing social, deve compreender que a sua empresa pode (e deve) ser, antes de tudo, a semente que dará como fruto uma sociedade mais justa.

Qual é o futuro que a sua empresa está ajudando a construir? Pense nisso!

No comments yet

Open chat
Powered by